sábado, outubro 11, 2008

Estamos perdendo o controle!!!

A cada dia que passa, fica mais difícil trabalhar na área educacional... Há desde o descontentamento dos profissionais que atuam na área até um certo sentimento (que me parece ser) de indiferença da comunidade para com o trabalho desenvolvido pelas entidades educacionais...
Eu estava assintindo um programa (não lembro qual) onde estavam debatendo a situação educacional brasileira. Gente!!! É fato que o Brasil investe menos da metade do que é preciso para se manter um nível adequado para a educação!!! Mas quem é que disse que é interessante para os nossos governantes mudarem o quadro ridículo das nossas instituições educacionais? Eles não querem que a população realmente adquira cultura, conhecimento, discernimento ou bom senso... Prova disso são os intermináveis "BOLSA X's" que foram criados como auxílio às populações carentes... É realmente necessário fazê-los? Então, por que não é cobrado efetivamente um acompanhamento escolar das crianças beneficiadas com estes recursos? Manter uma lista fajuta de anotação de faltas não basta!!!
Alguns itens que deveriam ser estritamente analisados e não são:
  • os pais participam quando lhes é solicitado (e não falo somente de reuniões, falo de acompanhar seus filhos quando eles têm dificuldades de aprendizagem, quando precisam de um impresso para recortes, quando precisam fazer uma pesquisa, entre outras coisas...)?
  • as crianças estão recebendo o básico (pois na maioria das vezes este dinheiro não é utilizado com eles visto que sequer trazem lápis ou borracha às aulas - e digo isto porque ainda bem que na rede que trabalho ainda não adotaram a doação de materiais, uniformes etc. de mão beijada para a população)?
  • assim como as bolsas de estudo de faculdades, por que não estipular um rendimento mínimo para que as crianças continuem recebendo o benefício (pois muitos vão à escola apenas pela presença e não querem nem saber de estudar ou sequer de prestar atenção às aulas, quando não vão à escola apenas para ter o prazer de afrontar os professores e demais funcionários...)?
Estes são apenas alguns itens que acredito que fariam valer à pena a fortuna gasta com estes "benefícios" (ou malefícios pois as pessoas se acomodam com o dinheiro pingado e deixam de realmente ir em busca de realização e crescimento pessoal e profissional por conta de migalhas...), afinal de contas este dinheiro é pago por todos nós, brasileiro idiotas e certinhos, que pagam os intermináveis impostos e ficamos devendo até nossas calças para bancar, muitas vezes, a pinga do fim do dia, ou a porção de alucinógeno de pessoas que colocam filhos no mundo com a intenção de tirar "algum" de quem realmente trabalha...
É claro que isto não é geral... Tem muita gente que realmente passa dificuldades e que utiliza muito bem o dinheiro recebido e vai à luta em busca de se livrar dessa esmola!!! Mas são tão poucos!!!

Enquanto isso, nós, professores, somos culpados por não ensinarmos todos os nosso alunos como nas escolas modelo!!! E o que nós fazemos com a heterogeneidade? E o que fazemos com os alunos que não têm um pingo de interesse em aprender? E o que fazemos com os alunos que têm uma realidade que lhes impede de se esforçar mais? E o que fazemos com a falta de material? Ops, essa eu sei a resposta!!! Nós pagamos do nosso bolso! E para quê? Para algum pai engraçadinho reclamar que não estava bom o suficiente!
E depois de tudo isto, ainda temos que dar conta de interdisciplinaridade, de temas transversais, de psicologia para família e alunos, de sermos "bonzinhos", de estarmos sempre com um sorriso e de nunca, sob hipótese alguma, reclamar para os pais a falta de auxílio ou de acompanhamento do processo educacional de "seus próprios filhos"!!! Isto é expô-los (mesmo que seja a problema que devam enfrentar o mais rápido possível para o bem de suas família)!
Sabe como ando me sentindo? Como o lobo mau que está sozinho no meio da floresta, em meio a um inverno rigoroso, sem comida, sem água e, ainda por cima, sendo obrigado a cuidar de ovelhas!!! É. Porque nós somos os lobos maus! Todo mundo está certo: governantes, gestores, pais, alunos e quem mais se juntar à legião... Apenas nós, professores, nunca podemos dar voz às nossas inquietações.
Por que não chamam os professores para discutir os planos e metas educacionais? Por que não reunir este pessoal para questionar o que é preciso mudar no ensino brasileiro? Por que não nos dar ouvidos quando pedimos socorro? E não digo qualquer professor! Não dá para ser só professor de rede particular ou só de faculdade... Tem que ter representação massiva de todas as redes!!! Porque nossa realidade não é igual! Porque nossa clientela parece saída de mundos opostos!
É muito fácil nos culpar (sim, porque é exatamente isto que dizem quando falam que nossa formação é defasada e que não estamos preparados) pelo fracasso escolar e nos atribuir funções que não condizem com uma realidade PROFISSIONAL! Talvez sejamos os únicos profissionais que têm obrigações de currículo, de compreensão dos indivíduos, de artistas, de babás e quase maternais (fraternais). Até é proibido falar clientela em alguns lugares... é muito frio! E o que são conosco? Amigos? Companheiros? Não. São críticos esperando um deslize para acabar com nossa vida profissional! Alguém sabe do caso do professor de educação física que foi demitido por assédio sexual por ser escritor de poemas eróticos? Será que deram o poder de ampla defesa para ele? Será que o ouviram relatar o trabalho de toda sua vida para depois saber se era imprescindível sua demissão ou se apenas uma advertência bastava?
Este é o início do apocalípse educacional brasileiro!!! Palavras muito fortes para você??? Diga isso para os professores atacados em sala de aula por alunos armados! Diga isto para os professores humilhados diariamente por alunos de quais os pais nem sequer tomam providências... Ah, se lembrou de alguma situação parecida? Algum amigo? Conhecido? Você? E o que nós estamos fazendo para mudar essa situação?
Vejamos alguns casos :
  • o que os bancários fazem quando querem melhorias de trabalho e salarial?
  • o que a polícia está fazendo para chamar a atenção para seus pedidos de melhorias?
  • o que você faz quando tem um problema profissional? Reclama todo dia? Ou afoga suas mágoas num travesseiro? Engole? Faz ioga?
O pior de tudo é que somos covardes! Será que bancário é mais importante do que professor? Será que eles teriam chegado onde estão sem uma boa base curricular educacional? Haveriam médicos para salvar vidas sem as primeiras letras? Haveriam advogados pra defender e até mesmo "ferrar" alguém se não soubessem ler, escrever, calcular seus honorários? Não temos sempre um mentor? E o que nós somos?
Eu não sei vocês, mas eu sou uma profissional muito competente que não fica calada quando vê coisas erradas e não se intimida com cara feia... Lobo Mau não tem medo de Bicho Papão!
Pense a respeito... Mesmo que seja escondido, até adquirir confiança em si mesmo! Temos um poder nas mãos que a maioria de nós não admite!!!

Um comentário:

Mariana disse...

Quee Tiaaa maiss aplicadaa q eu tenhoooooo.....

QUE orgulhooooo!!!!!!!!!!

Continue sempre asssimmm!!!

Beijosss
amooo